Burger King e McDonald’s cortam nos brinquedos de plástico

Tanto a Burger King como a McDonald’s ouviram os pedidos dos consumidores e estão a cortar no plástico. De olhos postos na sustentabilidade, as duas marcas de restauração decidiram implementar algumas mudanças relativamente aos brinquedos que oferecem nos menus infantis.

No caso da Burger King, o mais recente passo dado tem como pano de fundo o Reino Unido. A cadeia vai eliminar por completo os brinquedos de plástico já a partir desta semana, o que deverá permitir poupar 320 toneladas de plásticos descartáveis por ano.

Além disso, vai instalar contentores para que os clientes possam devolver brinquedos de plástico que tenham recebido noutras visitas a restaurantes Burger King. A ideia é que estes brinquedos sejam reciclados e transformados em zonas de brincadeira nos restaurantes ou tabuleiros para transportar refeições.

Mas a marca não quer ficar por aqui. Segundo avança a CNBC, a Burger King espera que em 2025 a totalidade das suas embalagens seja 100% reciclável, reutilizável ou compostável. «Somos uma marca global e o mercado britânico irá abrir caminho ao ser o primeiro a levar a cabo esta mudança, que faz parte do nosso compromisso alargado para a redução do plástico», explica Fernando Machado, Global Chief Marketing Officer da Burger King.

Em declarações reportadas pela mesma publicação, indica ainda que todas as geografias onde a marca está presente estão a trabalhar no mesmo sentido.

McDonald’s aposta em alternativa

Em vez de eliminar por completo a oferta de brinquedos de plástico, a McDonald’s decidiu tomar uma decisão menos radical. Também no Reino Unido e Irlanda, a insígnia vai oferecer aos clientes a opção de trocar o brinquedo do Happy Meal por um pacote com fruta. A novidade arranca no próximo mês, num conjunto seleccionado de restaurantes.

No próximo ano, as opções de escolha serão mais alargadas: os clientes poderão trocar o brinquedo por fruta ou por um novo livro.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Hyundai promete novo SUV híbrido plug-in para Los Angeles