Blaze desafia homens a não ver apenas futebol

Ser homem não é sinónimo de ligar a televisão exclusivamente para ver futebol. Quem o garante é o canal Blaze na sua mais recente campanha, através da qual ambiciona convencer os portugueses de que há outros conteúdos que merecem a atenção masculina.

Mas qual é, então, a alternativa? O Blaze propõe histórias de heróis reais que passam despercebidos no dia-a-dia. Motor, Competição, Aventuras e Caça-Tesouros são os principais temas do canal.

«Sendo o Blaze um canal maioritariamente orientado para o público masculino, consideramos que o nosso maior concorrente não são os outros canais, mas sim o futebol», explica Carolina Godayol, directora-geral do History Channel Iberia. Segundo a responsável, o claim “Homem que é homem não vê só futebol” pretende desafiar os espectadores a experimentar algo novo.

Desenvolvida em parceria com a Nos, a campanha está presente em mais de 200 salas de cinema, televisão (canais AMC, História e Crime+Investigation), exterior (190 mupis e transportes públicos) e redes sociais (Facebook e YouTube). A criatividade é da agência espanhola El Hombre del Paraguas.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Que propósito move os profissionais?
Automonitor
EMEL deixa mais de 120 pessoas à espera de lugar por causa de artista