Beta-Start quer acelerar negócios nas indústrias criativas

Estão abertas as candidaturas para a sétima edição do programa de aceleração de ideias e novos negócios Beta-Start que, desta vez, é dedicada às indústrias criativas.

Publicidade, arquitectura, design, cinema, artes visuais, televisão e redes sociais são algumas das áreas de potencial desenvolvimento empresarial, e que são válidas para todos os que tenham ideias de negócio.

A área das indústrias criativas tem, aliás, demonstrado fortes aptidões e casos de sucesso no País, contribuindo já “com mais de 3% da riqueza criada e 2,7% do emprego em Portugal”, informa em comunicado a Beta-i, Associação de Promoção da Inovação e Empreendedorismo, responsável pelo Beta-Start.

A Beta-i destaca mesmo um estudo, realizado pela consultora Augusto Mateus e Associados, que dá conta de que, em 2010, Portugal exportou 1.322 milhões de dólares (1.020 milhões de euros) em bens culturais e criativos, 2.139 milhões de dólares (1.650 milhões de euros) em bens relacionados e 1.523 milhões de dólares (1.175 milhões de euros) em serviços criativos.

As inscrições para mais um Beta-Start estão abertas até 7 de Novembro. O programa tem por objectivo “contribuir para a transferência de conhecimento e criação de empresas a partir de ideias de negócio com potencial internacional e disponibilizar as ferramentas e recursos relevantes, como mentores e redes de potenciais parceiros e investidores, para acelerar a entrada no mercado e aumentar a sua probabilidade de sucesso”, adianta a Beta-i na mesma missiva.

No site do programa estão reunidas todas as informações sobre o evento, mentores, coaches, formadores e oradores. Elementos que compõem uma equipa pluridisciplinar, que conta com a experiência de mais de 100 pessoas.

«Depois de abordarmos sectores tão estratégicos como o dos transportes, mar, ciência, energia, chegou a vez de a criatividade se impor em Portugal. Temos milhares de jovens criativos com enorme potencial nestes sectores, da publicidade ao design. A criatividade é a indústria do futuro e Portugal pode claramente criar novas empresas e empreendedores neste sector», defende na nota Pedro Rocha Vieira, presidente da Beta-i.

Depois do encerramento das inscrições, a 7 de Novembro, segue-se o processo de selecção, que acontece no dia 9 desse mês. Serão seleccionados 12 projectos com até três elementos por projecto. As ideias escolhidas serão aceleradas entre 12 de Novembro e 19 de Dezembro.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estes 10 benefícios vão ser os mais desejados pelos colaboradores em 2020
Automonitor
Os peculiares protótipos que a Daihatsu vai levar a Tóquio