Benetton lança competição pelo desempregado do ano

A United Colours of Benetton lançou a campanha global “Unemployee of the Year” (“Desempregado do Ano”), desenhada para inspirar os jovens desempregados a recuperar a sua dignidade e mostrar ao mundo as suas capacidades. A campanha é acompanhada por um concurso, através do qual a marca irá distribuir 500 mil euros a jovens sem trabalho que precisem de financiamento para os seus projectos.

A campanha e o concurso, que contam com a parceria da fundação Unhate, que pertence à Benetton, são a forma que a marca de vestuário italiana encontrou para dar o seu “contributo para a resolução do problema do desemprego jovem, uma tema crucial para o futuro do nosso planeta e para o qual a marca quer orientar a atenção do público”, refere a Benetton em nota de imprensa, divulgada no seu site. A marca tem como objectivo final “desconstruir os clichés instalados sobre o desemprego jovem”.

A campanha conta com um álbum de fotografias de jovens desempregados, abaixo dos 30 anos, que são identificados pelo seu nome e idade, bem como pelo seu “não-emprego” (“não-realizadora de cinema” ou “não-advogado”, por exemplo). Os protagonistas da campanha foram escolhidos pelo facto de representarem a sua geração – com cursos superiores e talento, mas sem emprego e que precisam de batalhar mais do que os seus pais para entrar no mercado de trabalho. Por essa razão, a marca apelida-os de NEETs (Not in Education, Employment or Training).

Quanto ao concurso para encontrar o “Desempregado do Ano”, é destinado a jovens desempregados, entre os 18 e os 30 anos, que queiram apresentar os seus projectos e ideias, os quais devem ter um impacto directo sobre o bem-estar da comunidade e estar alinhados com os princípios da fundação Unhate, que procura criar uma nova cultura contra o ódio e os estigmas. Os projectos (que podem de diferentes áreas e disciplinas) serão partilhados no site da Unhate e submetidos à votação da comunidade online. Até 14 de Outubro, os autores dos cem projectos mais votados serão premiados com cinco mil euros.

A campanha conta ainda com um filme televisivo, que está no ar na MTV e em canais digitais em 35 países, que pretende mostrar o dia-a-dia típico de quatro “NEETs”, incluindo a sua participação num protesto. Veja o vídeo aqui.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Patrões portugueses são os menos instruídos da Europa
Automonitor
Primeiro Porsche 911: Uma obra-prima alemã