Barbie vai atrás de mães Millennial

A Mattel, proprietária da Barbie, instalou câmaras ocultas para mostrar as reacções das pessoas quando confrontadas com meninas de sete ou oito anos a desempenharem o papel de adultas. De professoras e guias de museu a veterinárias e treinadoras de futebol. O objectivo é mostrar como brincar com barbies pode estimular a imaginação das crianças, ainda que neste anúncio seja feita referência apenas a meninas, e levá-las a criar cenários em que evidenciam as profissões que gostariam de seguir.

 “Quando uma rapariga brinca com uma Barbie, ela imagina tudo aquilo em que se pode tornar”, diz o vídeo criado pela BBDO de São Francisco, terminando com “Podes ser o que quiseres”. Matt Miller, director criativo executivo da agência, explica, em declarações reportadas pela AdAge, que não houve guião e que as profissões foram escolhidas com base nas aspirações das próprias actrizes que participaram na campanha. O vídeo faz parte de uma campanha de um ano que incluirá outros anúncios e acções nas redes sociais.

Desta vez, o objectivo era ir atrás das mães, criando um conteúdo com que se relacionassem de alguma forma. Evelyn Mazzocco, vice-presidente senior e responsável global de Marca da Mattel, afirma que estão atentos às mudanças culturais e que queriam começar um diálogo com as mães. O foco vai, em especial, para a geração de mães Millennial.

«Esta geração de mães tem sido bombardeada com imagens da Barbie, mas não sabem porque é que a Barbie foi criada», sublinha o director criativo da BBDO de São Francisco. Esta espécie de epifania, explica Matt Miller, surgiu quando encontraram uma citação de Ruth Handler, criadora da Barbie, dizendo que inventou a boneca para mostrar às meninas que têm escolhas.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Novo Alpine A110S pronto para encomendar em Portugal