Barbie trai, mata e revela fetiches sexuais

barbieA imagem de perfeição aspiracional que a Mattel, na figura da Barbie, procura transmitir há várias décadas foi subvertida pela fotógrafa canadiana Mariel Clayton, que colocou a boneca em cenários… surpreendentes. Nas suas fotografias, a Barbie é protagonista de homicídios cruéis, e ainda que a vítima principal seja o seu namorado Ken, as outras Barbies também pareceram não escapar à sua “ira”. Mas não é só de sangue que se fazem estas imagens, até porque elas denunciam traições da Barbie, fetiches sexuais, depressões… Mariel Clayton afirmou, ainda assim, que a sua intenção não foi passar uma mensagem, informa o Obvious. A fotógrafa referiu que só se queria divertir, e escolheu a Barbie por “alvo” porque vê na boneca “uma mulher fútil”, que foi criada “apenas para casar e cuidar da casa”.

A relação com a Barbie tem inspirado vários artistas no desenvolvimento de obras. Recorde aqui o trabalho da francesa Jocelyn Grivauld.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?