Autoridades rejeitam pedido de patente do iPad Mini

iPadMini-redimensionadaAs autoridades norte-americanas recusaram o pedido de registo de patente do iPad Mini, alegando que o nome do produto da Apple é “meramente descritivo” e não remete para um conceito distintivo no mercado.

Numa missiva enviada à Apple em Janeiro, mas apenas recentemente divulgada, o U.S. Patent and Trademark Office (USPTO) explica que declinou o pedido da Apple porque “o nome [iPad Mini] descreve apenas uma funcionalidade ou característica dos bens da empresa”. A empresa liderada por Tim Cook poderá recorrer da decisão até Julho, mas para ter luz verde das autoridades terá que comprovar que o iPad Mini é realmente diferente dos restantes tablets no mercado, incluindo o seu “irmão” mais velho, o iPad.

De acordo com o gabinete norte-americano de marcas e patentes, os termos “mini”, “pad”, bem como o prefixo “i” (que remete para serviços baseados na ligação à internet) são todos descritivos. “Neste caso, quer os componentes individuais [os termos] quer o componente resultante [o nome inteiro] são uma descrição do objecto do requerente, mas não criam um conceito único, incongruente ou não-descritivo”, explica o USPTO.

No último trimestre do ano passado, a Apple anunciou que vendeu um recorde de 22,9 milhões de iPads e iPads Mini.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)