Astronautas bebem café Lavazza no espaço

Paolo Nespoli, astronauta italiano, é o líder de uma missão com a Estação Espacial Internacional como destino. À chegada, no passado dia 28, a tripulação teve a oportunidade de beber um café Lavazza, graças a uma máquina desenvolvida pela Argotec em colaboração com a Lavaza.

A ISSpresso foi testada pela primeira vez em Maio de 2015, numa unidade da estação internacional. Ao formar uma parceria público-privada com a Agência Espacial Italiana, a Lavazza conseguiu, com o apoio da NASA, manter a máquina em órbita permanentemente.

«Estamos particularmente orgulhosos por levar produtos italianos para lá da atmosfera da Terra pela segunda vez», refere Marco Lavazza, vice chairman of the Lavazza Group. Em comunicado, o responsável acrescenta que a iniciativa representa mais um passo na aposta da marca na inovação.

A Lavazza assegura que o aroma e sabor do café no espaço são iguais ao bebido em terra firme. No entanto, não é possível bebê-lo numa chávena tradicional, que é substituída por um recipiente especial.

David Avino, managing director da Argotec, revela, ainda, que a presença da ISSpresso na Estação Espacial Internacional vai permitir estudar comportamentos únicos e fenómenos físicos que não são possíveis na Terra. «Graças a este sistema, já patenteámos tecnologias inovadoras capazes de eliminar os depósitos de café e água gerados pelas máquinas na Terra, reduzindo o desperdício de água em até 30%.»

lavazza espaço 1

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança. Foi a única portuguesa
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual