Apple continua a perder para concorrentes asiáticas

Apple-headquarters_2No segundo trimestre do ano, a Apple vendeu 31,2 milhões de iPhones, alcançando uma quota do mercado global de smartphones de 13,6%, que compara com um share de 16,6% no mesmo período do ano passado. É a percentagem mais baixa da companhia nos últimos três anos.

Entre Abril e Junho, a líder de mercado, a sul-coreana Samsung, vendeu 76 milhões de smartphones, o correspondente a uma quota de mercado de 33,1%, de acordo com os dados divulgados pela Strategy Analytics.

Segundo a mesma fonte, a Apple perdeu terreno para as homólogas chinesas Huawei e ZTE. A empresa liderada por Tim Cook cresceu 20% durante o segundo trimestre, abaixo do crescimento médio do mercado dos smartphones (47%). «O actual portefólio do iPhone está em quebra e a Apple em risco de ficar presa entre os modelos Android de baixo custo e os modelos Android de gama alta», afirma no relatório Neil Mawston, director executivo da Strategy Analytics, citado pela Bloomberg.

Ainda de acordo com a Strategy Analytics, nem é tanto com as fabricantes chinesas que a Apple se tem de preocupar, mas com a sul-coreana LG. «A LG foi a estrela num período em que as vendas globais duplicaram em termos homólogos», refere Linda Sui, analista da Strategy Analytics. «Se a LG conseguir expandir a sua presença no retalho e o seu investimento em marketing nos principais mercados, como os EUA ou a China, poderá começar a ameaçar o segundo lugar da Apple», conclui.

No segundo trimestre, a LG obteve uma quota de mercado de 5,3%, enquanto a ZTE e a Huawei registaram quotas de 5 e 4,8%, respectivamente.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Regulamento da mobilidade elétrica obriga a celebrar contratos de adesão