Apenas 10% das empresas partilha serviços eficazmente

accenture_logo1As empresas que demonstrem dominar o recurso a serviços partilhados podem reforçar a sua posição no mercado aquando da retoma económica, de acordo com o estudo “Achieving high performance through shared services: lessons from the masters”, ontem divulgado pela Accenture.

 O estudo conclui que, ao conseguir alavancar um mix de modelos operativos, técnicas de gestão de equipas e tecnologias, as organizações de alto desempenho em serviços partilhados poderão alcançar os seus objectivos empresariais ao mesmo tempo que expandem o leque de serviços de forma a incluir actividades estratégicas, baseadas em conhecimento que contribua para o desempenho global das organizações.

Baseado numa pesquisa global com participação de 275 executivos que gerem unidades de serviços partilhados em grandes empresas, o documento aponta que 10% das empresas geridas por estes executivos foram identificadas como sendo organizações de alto desempenho em serviços partilhados. A atribuição deste estatuto é baseada no relato sobre as suas próprias capacidades, no desempenho medido em função dos objectivos, bem como pela adopção de práticas que contribuem para o crescimento e rentabilidade.

O estudo demonstra ainda que o abrandamento económico tem vindo a aumentar a procura por soluções alternativas de prestação de serviços, incluindo os modelos de outsourcing e insourced operados inshore e offshore.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Uma causa global debatida em três países em simultâneo
Automonitor
Torres Vedras já tem autocarro 100% elétrico