APDC pede aos jovens: “Não desistas de ti”

No ano passado, Portugal teve a quarta taxa de abandono escolar mais elevada da União Europeia: 14% dos jovens entre os 18 e os 24 anos não continuaram a estudar. Perante estes dados, a Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações (APDC) juntou-se ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e ao Ministério da Educação para lançar uma campanha de sensibilização.

Sob o mote “Não desistas de ti”, a campanha pretende motivar os jovens a prosseguir estudos, ingressando no ensino superior. Como? Mostrando-lhes as consequências de abandonar a escola e de não investir na sua formação. A campanha conta com criatividade da Nossa e produção d’O Bom da Fita.

Rogério Carapuça, presidente da APDC, sublinha que a mudança que o mundo do trabalho está a sofrer, nomeadamente no que diz respeito à utilização de robôs na execução de determinadas tarefas, levará à «destruição massiva de postos de trabalho». Em simultâneo, surgirão oportunidades em áreas completamente diferentes e que requerem pessoas mais qualificadas e especializadas.

O responsável acredita que «a única forma de responder a esse desafio é qualificar para o digital com grande sentido de urgência» e que «ninguém está dispensado de estudar mais e sempre».

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)