APAV abandona abordagem violenta e foca-se nos jovens

A mais recente campanha da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) deixa para trás o tom pesado com que tem tratado o assunto até aqui. Com o mote “Se te marcam, sabes com quem podes partilhar”, a associação está a apostar numa abordagem menos assustadora e chocante para chegar a um público menos explorado: os jovens.

Desenvolvida pela Carmen, a agência criativa do YoungNetwork Group, a campanha trata os temas da violência psicológica e física no namoro através de uma campanha “mais leve na imagem mas igualmente pesada no conteúdo” como é explicado em comunicado. Ana Luísa Paiva, acount director da Carmen, explica ainda à Marketeer que a opção pela nova abordagem prende-se com o facto de o tema ser sombrio mas, ainda assim, a forma como existe ser dissimulada.

«Muitas vezes, as marcas físicas estão escondidas e ninguém as vê. São pequenos gestos, momentos, situações, olhares e palavras que levam à descoberta da situação. Se não existir uma denúncia, directa ou indirecta, a pessoa vai fazer a sua vida normal – vai ao café com os amigos, vai às compras com as amigas, ao cinema, a concertos, continua a tirar fotografias felizes, continua a partilhar uma vida idílica na imagem», conta.

“Se te marcam, sabes com quem podes partilhar” aproveita o hábito de marcar pessoas nas redes sociais para incentivar os jovens a identificar os seus agressores. A ideia, conta Ana Luísa Paiva, foi fugir ao estereótipo das nódoas negras, imagens escuras e da mulher enquanto vítima, lembrando, então, que os homens não estão salvaguardados deste problema. «Há muitas vitimas de violência psicológica e quisemos espelhá-la na tristeza do olhar e no sorriso de quem está a sofrer, mas a tentar disfarçar. Mostramos que não é preciso estar completamente marcado para já ser vítima.»

Texto de Filipa Almeida

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estes 10 benefícios vão ser os mais desejados pelos colaboradores em 2020
Automonitor
Os peculiares protótipos que a Daihatsu vai levar a Tóquio