Anúncio transforma-se em campanha feminista

Quando a OneLogin, tecnológica norte-americana, lançou uma campanha de recrutamento cujos protagonistas são alguns dos seus funcionários, nunca pensou que os anúncios pudessem transformar-se no pontapé de saída para uma luta feminista.

Aliás, nem todos os anúncios causaram polémica e o problema está precisamente aí. Do grupo de imagens com engenheiros da OneLogin que participaram na campanha, todos são homens excepto um e foi o anúncio com Isis Wenger que despoletou o movimento.

Várias pessoas comentaram nas redes sociais que Isis não era mesmo uma engenheira e que devia ser uma modelo contratada para aparecer no outdoor, criticando a empresa por enganar os clientes. “Nenhuma engenheira é assim tão bonita” é apenas um dos comentários.

Isis Wenger ficou indignada com a situação e criou o site e movimento #ILookLikeAnEngineer, incentivando mulheres a mostrarem ao mundo que existem engenheiras femininas com todos os tipos de corpos e rostos.

O objectivo é acabar com o preconceito e mostrar que a inteligência e as capacidades profissionais em nada estão relacionadas com o aspecto físico.

 1 2 3 4 5
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?