Anúncio para casting da Milka rejeita crianças com peso a mais

A agência de actores britânica Spotlight está a ser alvo de críticas depois de ter lançado um anúncio para um casting infantil onde dizia especificamente que não podiam participar «crianças com excesso de peso». O casting seria para a próxima campanha de Natal da marca de chocolates Milka.

Nas informações do casting, a agência dizia estar à procura de uma actriz entre os nove e os 11 anos para interpretar o papel de Mia, uma personagem da campanha. O pedido de casting começou a circular nas redes sociais depois de algumas pessoas chamarem a atenção para os requisitos exigidos pela agência. «Deve ser bonita e ter um ar angelical. No máximo 1,30 metros de altura. Deve ser querida e inocente. Ainda uma menina. A cor dos olhos e do cabelo não são importantes mas não deve ser ruiva», lê-se no anúncio de casting.

O anúncio reforçava ainda a ideia de que as candidatas «não devem ter atingido a puberdade», devem ter «uma pele e uns dentes muito bons» e ser «muito experientes».

Em reacção às críticas nas redes sociais, a Spotlight reconheceu em comunicado que o anúncio de casting «não corresponde aos altos padrões» da companhia. «Erros como este são totalmente inaceitáveis e nunca deveríamos ter permitido a sua publicação… cometemos um erro sério e devíamos ter feito muito, muito melhor. Pedimos desculpa», afirmou a agência.

Por sua vez, um porta-voz da Mondelez Internacional, que detém a marca Milka, agradeceu às pessoas que partilharam a nota de casting nas redes sociais e garantiu que esta «não representa o briefing que foi partilhado com a agência de casting». «Nunca iríamos aprovar o uso de um anúncio de casting deste tipo, e estamos urgentemente a rever esta situação junto da Spotlight UK para perceber como e por que é que isto aconteceu», assegurou.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Quer poupar 700€ por ano no seguro do carro? Saiba como