Andy Warhol chega ao Colombo

Andy WarholNo âmbito do projecto A Arte Chegou ao Colombo, está desde ontem patente no Centro Colombo a exposição “Andy Warhol – Icons” Psaier and the Factory Artworks. A exposição reúne uma selecção de obras originais de Warhol, como a famosa Campbell’s Soup e retratos de Marylin Monroe e Mick Jagger, revelando também a colaboração artística com Pietro Psaier.

A exposição, que estará patente até ao dia 11 de Julho, conta com 32 obras de Andy Warhol e Pietro Psaier. A curadoria é da responsabilidade do crítico e historiador de arte italiano Maurizio Vanni e conta com Guta Moura Guedes como embaixadora.

«A cena artística na Nova Iorque do final dos anos sessenta, era dominada pela Pop Art de Andy Warhol e pelos artistas da “Factory”, estúdio criado pelo mentor do movimento. Aí desenvolviam a ideia de sublimar objectos quotidianos e utilitários, independentemente da sua forma ou função originais, transformando-os em ícones tangíveis do imaginário colectivo», refere Maurizio Vanni sobre a exposição.

Já Guta Moura Guedes salienta que Andy Warhol é uma referência incontornável na relação entre a arte, a sociedade de consumo e os sistemas de produção. «Não era preciso projectar ou desenhar ex novo (a partir do zero) quando nos circuitos industriais, e à sua volta, já existia tanto. Um dos seus objectivos foi o de revisitar o que já havia para que fosse apreciado de maneiras diferentes, usando novas directrizes conceptuais e artísticas e trazendo outras perspectivas”, diz.

As obras estão em exposição numa estrutura desenvolvida pelo Atelier de Arquitetura Likearchitects, que recorre ao imaginário do artista plástico para recriar um ambiente simultaneamente pop e industrial, através de uma materialidade invulgar construída com latas metálicas.

A Arte Chegou ao Colombo é uma iniciativa lançada em 2011 e que contou com a parceria do Museu Coleção Berardo, em 2011, e do MNAA – Museu Nacional de Arte Antiga, em 2012. A exposição “Andy Warhol – Icons” assinala a terceira edição do projecto. Esta exposição será complementada com um programa educativo que prevê a realização de workshops todos os fins de semana de 13 de Abril a 30 de Junho para crianças dos 6 aos 14 anos.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo