André Freire de Andrade acumula Aegis Media Ibérica e África Subsariana

AFA_2André Freire de Andrade vai acumular a gestão da Aegis Media Ibérica (Portugal e Espanha) com a operação da empresa na África Subsariana, região onde também terá o cargo de CEO.

André Freire de Andrade terá a responsabilidade da operação da Aegis Media em quatro regiões africanas, que se subdividem em 24 países: sul de África (região cuja operação está centralizada na África do Sul e que inclui ainda a Namíbia, Botsuana, Zimbabué, Lesoto, Moçambique, Angola e Suazilândia); África ocidental (Nigéria e Gana); África central (Camarões, Senegal, Costa do Marfim, Burkina Faso, Chad, República Democrática do Congo, Gabão, República Centro-Africana); África oriental (Quénia, Tanzânia, Uganda, Ruanda, Mauritânia, Zâmbia). Segundo comunicado de imprensa da Aegis Media, “todos os estudos apontam para o forte crescimento dos países da África Subsariana, em especial Angola e Nigéria”.

André Freire de Andrade revela, em comunicado, que têm «objectivos ambiciosos para o continente africano. A Aegis Media quer duplicar o seu negócio em África nos próximos cinco anos. No mesmo período, queremos crescer cinco vezes mais só na África subsariana». A Aegis Media quer que o negócio em África cresça em 50% devido aos clientes locais e, na outra metade, devido aos clientes multinacionais. «O digital representará o grosso do negócio (cerca de 50%)», afirma o responsável que será responsável directo pelas operações da Carat, Vizeum, Isobar, iProspect e Posterscope nos 24 países africanos em quatro regiões.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança. Foi a única portuguesa
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual