Ana Aragão assina rótulos dos vinhos do Porto da Casa Barros

A ilustradora Ana Aragão desenvolveu a colecção de rótulos “Barros – Cidades de Portugal” para os vinhos do Porto Tawny da Casa Barros, com indicação de idade 10, 20, 30 e 40 anos.

A iniciativa, da autoria da Sogevinus, grupo que comercializa a marca Casa Barros, consiste numa homenagem às cidades de Lisboa, Porto, Coimbra e Aveiro presentes nos rótulos das garrafas.

«O desafio que me colocaram foi representar quatro cidades portuguesas, nomeadamente Porto, Aveiro, Coimbra e Lisboa, pois são as cidades mais visitadas do nosso território continental. A representação de cidades imaginárias e reais tem sido uma constante na minha linguagem gráfica e artística, pelo que o objectivo foi criar uma colecção com coerência e mantendo a identidade da Casa Barros. De cada cidade identifiquei os elementos icónicos e reorganizei-os livremente. construindo uma espécie de carimbo singular. Cada rótulo, e por conseguinte cada garrafa, é uma memória da cidade, que se pode levar e guardar. Acredito que os portugueses se revejam na interpretação das suas cidades e que, por isso, sintam empatia com as novas garrafas. Os desenhos poderão suscitar curiosidade por parte do público internacional, que terá oportunidade de experimentar e levar consigo um pouco de Portugal», refere Ana Aragão.

De acordo com Tânia Branco Oliveira, da Sogevinus, esta iniciativa visa reforçar a marca como embaixadora de Portugal e do talento português. «A Casa Barros tem como missão revelar ao mundo o melhor de Portugal, reflectindo o autêntico espírito português, como é a nossa história e tradição, mas também o rasgo, a inovação e a modernidade. Todos os lançamentos especiais da marca têm na sua origem este objectivo. Queremos contribuir para a total dissipação de Portugal ser conotado como país apenas do “fado” e da “saudade”. Portugal é bem mais do que isso! A portugalidade, a experiência, a beleza e a contemporaneidade são símbolos do que Portugal tem de melhor, algo inimitável a que não se consegue resistir», afirma Tânia Branco Oliveira, da Sogevinus.

Relativamente à escolha ter recaído em Ana Aragão, a mesma responsável afirma que a ilustradora «representa a nova geração de talento português, tendo o seu trabalho já sido reconhecido internacionalmente. A Ana Aragão já tinha colaborado com a Sogevinus nas celebrações dos 100 anos da Barros e para nós representa na perfeição o espírito da marca».

Os vinhos resultantes desta parceria já se encontram disponíveis no mercado nacional e internacional e, de acordo com a marca, têm revelado uma boa aceitação.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Regulamento da mobilidade elétrica obriga a celebrar contratos de adesão