Amazon sobe a parada com Kindle Fire HD

A Amazon apresentou ontem uma nova gama de e-books e tablets com preços que variam entre os 69 dólares (cerca de 54,4 euros) e os 599 dólares (472,2 euros). O modelo mais caro é o tablet Kindle Fire HD, que se posiciona num segmento de luxo, o que consitui uma novidade na estratégia da fabricante americana, que pretende fazer da versatilidade o seu trunfo no mercardo em cresimento dos tablets.

Ao alargar o seu portefólio, a Amazon procura pois uma estratégia que lhe permita atingir diversos públicos e combater ao mesmo tempo com os produtos de diferentes marcas, adiantou ontem Jeff Bezos, CEO da Amazon, em conferência de imprensa que decorreu em Santa Mónica, Califórnia. A nova gama permite, por exemplo, que a marca dê uma resposta tanto à Apple (iPad) e Microsoft (Surface), que se posicionam num segmento superior em termos de preço, como à Google, cujo primeiro tablet de marca própria, o Nexus 7, é mais acessível (desde 200 dólares).

O tablet Kindle Fire HD estará disponível em três versões, uma com um ecrã de sete polegadas que varia entre os 199 e os 249 dólares (consoante a capacidade de armazenamento), outra com um ecrã de 8,9 polegadas por 299 ou 369 dólares, e ainda uma versão 4G que pode custar entre 499 e 599 dólares, anunciou a empresa, citada pela agência Bloomberg.

O modelo de sete polegadas está equipado com um ecrã 1280×800, enquanto o de 8,9 polegadas possui um ecrã com resolução 1920×1200. Ambos estão equipados com processador Texas Instruments OMAP 4470, Android 4.0 Ice Cream Sandwich, ligação HDMI e Bluetooth, câmara frontal de alta resolução e capacidade de armazenamento de 16 GB ou 32 GB. A autonomia da bateria, em torno das 11 horas, também é igual nas duas versões. O modelo de sete polegadas já está disponível para pré-encomenda no site da Amazon, estando o lançamento no mercado previsto para o próximo dia 14. Quanto ao modelo de 8,9 polegadas, estará à venda a partir de 20 de Novembro.

Para além da nova geração de tablets, a Amazon apresentou um novo e-book, o Kindle Paperwhite. Segundo o site especializado em tecnologia The Verge, o dispositivo é totalmente touch e possui luz integrada, uma funcionalidade que permite que os utilizadores leiam em ambientes escuros – a mesma funcionalidade que está presente no Nook Simple Touch with Glowlight, da Barnes & Noble. O modelo Wi-Fi estará disponível por 119 dólares e o modelo 3G por 179 dólares. O lançamento está previsto para 1 de Outubro.

Veja o vídeo da campanha televisiva da Amazon para o Kindle Fire HD.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Patrões portugueses são os menos instruídos da Europa
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo