Amazon entra no negócio dos anúncios de áudio

A Amazon está a desafiar algumas marcas a participar na fase inicial de testes de anúncios de áudio. Seguindo a lógica de uma rádio ou plataforma de streaming, a gigante norte-americana espera que os anunciantes queiram promover os seus bens e serviços junto dos consumidores com dispositivos equipados com a assistente digital Amazon Alexa.

De acordo com dados obtidos pela AdAge, estes anúncios representarão os primeiros passos da Amazon na disponibilização de anúncios pagos no ecossistema Alexa – disponível nas colunas Amazon Echo, por exemplo. Para aliciar as marcas a testarem a novidade, a Amazon promete uma audiência de um milhão de pessoas.

Colgate, L’Oréal e Lululemon estarão entre as marcas convidadas a fazer parte do piloto, sendo que tiveram oportunidade de testar os anúncios de áudio da Amazon gratuitamente.

Recorde-se que, em Abril, a Amazon anunciou a intenção de lançar um serviço de música suportado por publicidade, competindo com serviços como Spotify e Pandora. O objectivo da Amazon será proteger o seu território, uma vez que as marcas estarão a recorrer ao Spotify e Pandora para alcançar o público que tem colunas inteligentes. Ter a sua própria plataforma para anúncios permitiria cortar o intermediário e obter uma nova fonte de receita.

Além disso, os anúncios de áudio da Amazon prometem ser mais interactivos: os consumidores podem falar com a Alexa e pedir para adicionar ao carrinho de compras os produtos promovidos no spot que acabaram de ouvir.

Contudo, os primeiros testes parecem não ter sido bem-sucedidos. A Amazon não disponibilizou dados aos anunciantes de modo a que conseguissem medir a eficácia dos seus anúncios, por exemplo, adianta a AdAge.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Esta empresa está no top 3 das empresas mais atractivas para jovens
Automonitor
FIA escolhe Braga como palco do Hill Climb Masters 2020