Agricultura nacional tem nova plataforma de venda online

Os pequenos produtores portugueses podem beneficiar das novas tecnologias para escoar o seu inventário, disponibilizando aos consumidores produtos da época. Uma das formas de o fazerem passa pela utilização da Adelaide.farm, uma nova plataforma online desenvolvida pela MyFarm.

Esta quinta, assente nos princípios da economia social colaborativa, pretende ser a solução para os pequenos agricultores que não conseguem competir com os produtores de grandes dimensões. A Adelaide.farm responsabiliza-se pela venda do stock e pelas entregas, ainda que sempre em estreita colaboração com os agricultores parceiros.

Do valor final do produto, mais de metade vai para o produtor, garante a plataforma em comunicado: “Uma percentagem sem paralelo comparando com os sistemas de venda tradicionais.”

Por seu turno, os consumidores, podem optar por duas modalidades. Podem visitar a Mercearia online e escolher um cabaz (S, M ou L), sendo cada um deles composto por cinco ou mais categorias de produtos. Neste caso, é possível optar por legumes e frutas biológicas, do Ribatejo ou Algarve, por exemplo e escolher o modo de compra: única ou por subscrição.

Em breve, será possível também seleccionar os produtos avulso, com base nas necessidades de cada cliente.

Para quem sempre quis ter uma horta mas não tem o terreno ou disponibilidade necessária, a Adelaide.farm apresenta uma outra solução, as Hortais Virtuais. Através desta espécie de jogo, para já ainda em versão demo, os utilizadores podem construir a sua própria horta, escolher que alimentos desejam plantar e perceber como tudo se processa. No mundo real, existirá uma horta correspondente à virtual e será a partir dela que os consumidores receberão os seus produtos.

A Adelaide.Farm está ainda a trabalhar numa secção dedicada a profissionais da restauração e retalho, que terão acesso privilegiado para comprar produtos em maiores quantidades. A plataforma está a ser lançada pela MyFarm, mas resulta de um trabalho conjunto com o IPBeja, Grupo PDM&FC e a Improve.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)