Academia L’Oréal abre portas na Invicta

O grupo L’Oréal inaugurou a Academia L’Oréal Porto, um centro de formação para profissionais que se assume como um reforço da aposta da gigante de cosméticos em Portugal, através da sua divisão de Produtos Profissionais.

A Academia L’Oréal Porto tem por objectivo “fomentar a formação dos profissionais altamente qualificados a nível europeu”, posicionando-se, simultaneamente, como “uma referência a nível mundial nesta indústria”, ao mesmo tempo que contribui “activamente para a dinamização da economia local e nacional”, informa a L’Oréal em nota enviada às redacções. No fundo, o projecto pretende “elevar ainda mais a profissão dos cabeleireiros, manicures e, no futuro, esteticistas”, continua o grupo.

Além das formações sobre produtos e serviços das marcas da L’Oréal, a academia contará com uma vertente pedagógica, em que os conteúdos leccionados vão abraçar áreas como o marketing e a gestão, por exemplo, para facultar aos alunos competências de desenvolvimento do negócio. No projecto participarão formadores nacionais e internacionais, estando ainda contemplados intercâmbios com as Academias L´Oréal internacionais e escolas mundiais do sector.

«A Academia Produtos Profissionais L’Oréal Porto é um projecto ambicioso e uma clara aposta no elevado potencial dos profissionais portugueses. A nova academia foi concebida de raíz para colocar a cidade e o País no mapa da L´Oréal Europa e tornar este espaço num ponto privilegiado de entrada e saída dos melhores cabeleireiros do mundo», afirmou na mesma nota Antonio Martínez-Rumbo, diretor-geral da divisão de Produtos Profissionais da L’Oréal Portugal.

A Academia L’Oréal Porto, cujo projecto conta com a assinatura dos arquitectos Guido Matta e Tiago Silva Dias, situa-se no edifício Burgo, da autoria de Eduardo Souto de Moura. Com um espaço total de 662 m2, a academia tem capacidade para receber até 120 formandos.

Destaque ainda para o nail bar do espaço, que inclui produtos da nova marca de verniz essie. Uma aposta da academia no alcance de novos profissionais de beleza, como manicures.

De referir que o sector cabeleireiro corresponde, actualmente, a 1% do PIB nacional, gerando um volume de negócios anual de 1,5 mil milhões de euros e empregando mais de 40 mil pessoas em cerca de 14 mil salões em todo o País.

 
Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?