A Via Verde da Cosmética

Sob uma nova equipa de gestão, Sunlover está a reposicionar-se e a crescer. Em referências e em número de mercados. Ou não estivesse aqui em causa um produto que, como diz Tomás Froes – accionista da marca -, é «a Via Verde da cosmética».

Texto M.ª João Vieira Pinto

É a quarta vida de Sunlover, a bebida desenvolvida em Portugal e que foi lançada em 2011 como sendo um produto que ajudava a bronzear. Hoje, a marca está não só a ser gerida por uma nova empresa e um grupo diferente de accionistas – com a nova Expressão SGPS a chamar a si mais de 50%, a que se segue a Alegre Foods e um conjunto de minoritários – como assumiu também um diferente posicionamento, para o segmento healthy. Já em Setembro apresentou uma segunda fórmula ao mercado, alargando o portefólio e quebrando o mito da sazonalidade, além de que tem vindo a entrar numa série de mercados externos. Porque, como diz Tomás Froes (fundador da agência de publicidade MSTF Partners e o mais recente elemento a juntar-se ao núcleo accionista), o caminho para Sunlover só poderá ser feiro com passos firmes lá fora.

Para ler o artigo na integra, consulte a edição de Janeiro de 2015 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Page Assessment tem novo Executive manager
Automonitor
Conselhos para conduzir à chuva