A taberna que faz viajar pela Ásia

Uma taberna asiática na Avenida de Roma, em Lisboa. Tal como esta frase, o Soão reúne uma panóplia de geografias, representados à mesa através de pratos confeccionados pelo Chef Luís Cardoso.

O espaço, inaugurado em Abril do ano passado, apresentou novos pratos, oriundos da Indonésia, Laos, Tailândia e Japão. E a Marketeer foi descobrir as novidades.

No piso inferior do Soão, fomos recebidos por um espaço acolhedor, com salas privadas, longe da confusão, e com uma iluminação serena que permite um serão mais íntimo. A refeição começou com o cocktail Ichi-go ichi-e, da autoria do head bartender Vasco Martins. Junta Gin Nikka, xarope de lima-kaffir, sumo de yuzu e champanhe Laurent Perrier Brut La Cuvée. Forma perfeita para dar início ao roteiro asiático que se seguia.

Começámos com uma visita à Indonésia, com o Udang Sambal, de camarão e amêijoas, com um molho asiático à base de malagueta que catapultava todos os ingredientes. Seguiu-se a Tailândia, através do Tung Tong. Estes estaladiços money bags consistem em dim sums fritos com frango e castanha de água.

De Tawain chegou-nos um Gua Bao de caranguejo de casca mole com maionese kimchi. O que mais impressiona é a textura destes pequenos pães, ligeiramente esponjosa, que acolhe perfeitamente o caranguejo e complementa o seu sabor. Vindo do Japão, Tai Kimchi (peixe branco marinado) e Ika Mentaiko (choco fatiado com ovas de bacalhau) foram as propostas do chef.

A finalizar, Caril Massaman de Pato, um regresso à Tailândia, marcado pelo suculento e saboroso peito de pato, que se fez acompanhar de batata-doce, brindado com amendoim e canela.

A experiência não poderia terminar sem rumar ao quase sempre pecaminoso mundo das sobremesas. E o Cheesecake japonês com gelado de sésamo torrado foi a forma de fechar a chave de ouro esta refeição. Confeccionado com whisky japonês Nikka From The Barrel, o cheesecake, alto e arejado, com uma textura leve, combinou na perfeição com o sabor intenso do sésamo.

No final, um sorriso de satisfação. Naquela pequena sala misteriosa entraram pratos de diversos países, que permitiram uma viagem pelo continente asiático e experienciar os mais variados sabores. Como todas as viagens, esta também tinha de terminar, ficando a satisfação e a curiosidade de explorar as próximas rotas do Chef Luís Cardoso.

Texto de Rafael Paiva Reis

Fotos de Paulo Barata

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
EDP e Galp lideram índice de sustentabilidade Dow Jones
Automonitor
Combustíveis a caminho do maior aumento em 8 meses