A obesidade pode ser uma prisão (com saída)

A obesidade e o excesso de peso afectam 60% da população portuguesa. Para que este número possa começar a diminuir, a Sociedade Portuguesa para O Estudo da Obesidade (SPEO) e a Associação de Doentes Obesos e Ex-obesos de Portugal (ADEXO) juntaram-se para lançar uma campanha de sensibilização.

“Há saída para a Obesidade” é o mote do trabalho desenvolvido pela agência Caetsu para lembrar o público de que é possível combater o problema. O objectivo é chamar a atenção do doente obeso e incentivá-lo a procurar tratamento junto do seu médico.

«É importante existir uma consciencialização geral para o problema da obesidade. Uma doença que se não for tratada convenientemente actua como uma prisão. Uma sentença da qual o doente não se consegue libertar sem ajuda médica», explica Priya Ratanji, directora de Serviço a Clientes e Business Unit manager de Healthcare da Caetsu. De acordo com a responsável, as mudanças de estilo de vida, incluindo as alterações na alimentação, precisam de uma ajuda extra.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Novo Alpine A110S pronto para encomendar em Portugal