A Maxim americana está crescida

A revista masculina deixou para trás a abordagem mais virada para um público jovem e aponta baterias para leitores acima dos 30.

Quando os leitores de uma revista crescem, a revista cresce com eles. A Maxim norte-americana é um exemplo dessa premissa: a publicação renovou-se a nível gráfico e estreou um novo posicionamento, mais focado numa faixa etária acima dos 30. O que significa que haverá uma nova abordagem das mulheres em foco na revista a par de uma aposta em conteúdos mais sofisticados do que anteriormente.

Falamos de uma revista que, fundada em 1995, tradicionalmente tinha o seu público numa faixa etária jovem. Contudo, esses leitores foram crescendo – e a média de idades saltou 10 anos, segundo a AdWeek.

O redesenho da revista e a aposta em novos conteúdos editoriais já deu os seus frutos, sublinha a notícia, com a atracção de novos anunciantes para a edição de Março: como Prada, Armani, Marc Jacobs, Calvin Klein, entre outros.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Acompanha aqui o lançamento oficial do Sapo Prime, uma nova forma de comprar conteúdos jornalísticos
Automonitor
Europa: Vendas da Hyundai superam mercado