A maioria dos portugueses não prefere produtos certificados

produtos_geralNo momento de escolher um produto ou serviço, a maioria dos consumidores portugueses não se preocupa em saber se ele é ou não certificado, com excepção dos residentes no Grande Porto: 51,1% dos inquiridos desta área geográfica afirma ser influenciado pelo selo de produto certificado antes de comprar. Já no que toca à diferenciação por género, são os homens os mais influenciados pela certificação de um produto ou da empresa que o produz: 45,3% contra 41,3% das mulheres. São estas as principais conclusões do estudo “A certificação nos hábitos de compra dos portugueses” realizado pela Markest, por encomenda da APCER na ocasião da comemoração dos 20 anos da certificação em Portugal.

O estudo revela, no entanto, que a certificação já não é um conceito desconhecido dos portugueses: 89,3% dos inquiridos afirma conhecê-lo. Um número que sobe ainda para os 96% quando explicação é dada sobre o que é a certificação de produtos. De entre as empresas certificadoras, a APCER é a empresa mais reconhecida – identificada por sete em cada dez inquiridos -, seguindo-se a SGS.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?