«A indústria musical é um mundo de homens» e Meghan Stephens quer mudá-la com o marketing

Se lhe falarmos em marketing musical ou em Meghan Stephens, provavelmente o conceito e o nome não lhe vão dizer nada. Contudo, a profissional norte-americana mudou-se de Nova Iorque para Portugal em busca de um sonho: criar espaço de crescimento para mulheres no seio da indústria cultural.

Mas tudo começou com uma carreira de marketing típica, na qual Meghan Stephens trabalhou com diversas marcas e nas suas estratégias de marketing. À medida que foi amadurecendo profissionalmente, contudo, percebeu que poderia aplicar os conceitos com que lidava todos os dias tanto a marcas como a artistas e que havia uma forma de realizar o seu sonho de trabalhar no mundo da música.

«Quero utilizar as minhas capacidades e experiência para criar um impacto positivo. O meu trabalho na publicidade, na altura, tinha uma grande falta de propósito e, a partir do momento em que me apercebi disso, não me conseguia ver livre dessa ideia. Senti-me impelida a fazer uma mudança», revela, em entrevista à Marketeer, Meghan Stephens.

Assim, e porque «a indústria da música é um mundo de homens», a profissional decidiu-se a colocar em prática o que tinha aprendido ao longo dos anos anteriores nos Estados Unidos da América. O seu propósito é simples: trabalha exclusivamente com artistas femininas, investindo nos diversos elementos que necessitam para lançarem a sua música, e contrata uma grande maioria de mulheres para trabalharem consigo (fotógrafas, videógrafas, designers, compositoras, DJs, estilistas, etc.).

De que forma entra então em acção o marketing musical? Meghan Stephens explica que de forma semelhante ao marketing de marcas, mas com o bónus de poder há o bónus adicional de alavancar uma apreciação pela música e uma compreensão dos grupos de fãs como parte do processo estratégico.

«Trabalho com artistas para poder desenvolver as suas identidades, ajudando-os a articular as suas mais-valias e a definir os seus pontos de diferenciação, dando vida à sua personalidade através do canal, do conteúdo e da comunicação estratégica. A construção de comunidades e a monetização são dois elementos-chave para qualquer estratégia de crescimento de artistas modernos, que são áreas nas quais uma experiência em marketing digital é super útil.»

Ler Mais



loading...
Artigos relacionados

Comentários estão fechados.