A importância da água

Clementina Almeida | Doutorada em Psicologia Clínica, com especialidade em bebés. Certificada em Infant Mental Health (EUA) e Baby Brains (UK), investigadora e fundadora do BabyLab – FPCE, UC

Todos os bebés nascem brilhantes, cheios de capacidades e de vontade de descobrir o mundo, mas com o seu pequeno cérebro ainda por desenvolver

No momento do nascimento, as células nervosas no cérebro do bebé estão desorganizadas e ainda não se encontram bem conectadas, pois 85% do seu desenvolvimento cerebral dá-se durante os seus primeiros três anos de vida. É neste período que podemos agir, para ajudá-lo a atingir o seu máximo potencial, pois nunca mais o seu pequeno cérebro se irá desenvolver a esta velocidade.

O cérebro constrói-se com base em experiências sensoriais repetitivas, e são essas experiências que vão fazer com que os neurónios se multipliquem e criem conexões entre si (cerca de 700 a mil sinapses por segundo). A investigação científica em neurodesenvolvimento tem comprovado a existência muito precoce deste tipo de competências nos bebés e o impacto da interacção entre a experiência e o ambiente no potencial genético individual para a construção das estruturas neuronais. Contudo, os neurónios e as conexões menos usados vão desaparecer. É a estimulação sensorial que vai ajudar a que as “bases” do seu cérebro se edifiquem de forma saudável e forte, como as fundações de uma casa.

Paixão pelo mundo dos bebés

É assim que nasce o Spa For Babies, fruto da junção da investigação científica e de uma grande paixão pelo mundo fantástico dos bebés. O principal objectivo é proporcionar todos os benefícios da estimulação sensorial, e aliá-los à hidroterapia. Inovador em Portugal e na Europa, diferente de todos aqueles que existem no seu género, uma vez que tem piscinas próprias para bebés e é o único com um protocolo clínico subjacente à intervenção. Destina-se a todos os bebés, dos 0 aos 36 meses, e pode começar a ser frequentado desde que o coto umbilical cai. Focado em promover o bem-estar e a saúde do bebé, todo o protocolo clínico de cada sessão é fruto de uma profunda investigação científica e toda a estrutura foi desenhada para estar de acordo com as mais recentes e conceituadas experiências, que comprovam os benefícios dos estímulos multissensoriais.

Toda a sessão tem objectivos terapêuticos e é constituída por dois momentos (a hidroterapia e a massagem), independentemente dos sintomas que pretendemos aliviar, os benefícios de base são sempre o desenvolvimento em geral, e a melhoria dos padrões de sono e alimentares. O Spa For Babies é construído com base num protocolo de procedimentos rigoroso, flexível e adaptado às necessidades específicas de cada bebé. Cada visita é iniciada com uma imersão de 10 a 20 minutos, numa piscina de hidroterapia especificamente concebida para o efeito, de maior ou menor tamanho, dependendo da idade do bebé. Em seguida, é desenvolvida uma massagem terapêutica e multissensorial, com duração de 20 minutos. Os pais interagem e aprendem técnicas que podem levar para casa e utilizar mediante as necessidades do bebé, percebendo os resultados do que foi indicado caso a caso.

Bebés e água

É muito natural que os bebés gostem de água. Uma vez que acabaram de chegar de uma viagem de nove meses num meio aquático quentinho, que é a barriga da mãe, sentem-se muito confortáveis, e mais receptivos aos estímulos que os rodeiam. Deste modo, todo o tipo de sensações, que são proporcionadas dentro destas piscinas, tem um impacto muito maior nos seus pequenos cérebros, o que fará com que eles tirem muito mais partido da estimulação sensorial que lhes está a ser feita e o seu desenvolvimento cerebral potenciado ao máximo.

Durante a imersão, os bebés têm oportunidade de beneficiar de todas as vantagens da hidroterapia. À medida que o bebé dá pontapés na água, cria pequenas ondas de balanço que o vão ajudar a melhorar o seu equilíbrio e coordenação e, em última instância, apoiar a sua capacidade de gatinhar, andar e nadar. Tudo contribui para o aumento da força muscular e as amplitudes articulares. A acção da água morna, em conjunto com os jactos de água, vão diminuir o risco de obstipação e prevenir as cólicas. Assiste-se também a uma melhoria da qualidade do sono, diminuição do stress tóxico e do choro, e aumento da confiança e auto-estima.

A seguir à imersão em água, é feita uma massagem terapêutica, na qual os pais são convidados a participar, para poderem aprender a fazer por eles mesmo. O toque é das mais poderosas armas para promover o vínculo afectivo entre a mãe e o bebé. É o sentido mais ligado à memória, porque o seu centro de processamento (córtex olfactivo) localiza-se perto do centro emocional (amígdala) e dos centros de memória. Vai ser o primeiro sentido a desenvolver-se, dias após a concepção, estimulando as hormonas de crescimento (somatotrofina) e a vinculação (ocitocina), melhorando o contacto ocular e o sentimento de segurança. Tudo isto, ao mesmo tempo que diminui as hormonas de stress (cortisol). Vários estudos comprovam que a ausência de toque em períodos precoces está associada a perturbações do sono, atrasos de desenvolvimento e comportamentos agressivos, já na vida adulta.

Efeitos duradouros

Mas os benefícios não são só no momento, há mais vantagens quando se aposta na continuidade dos tratamentos. Há estudos que demonstram que, em média, as crianças, que fazem precocemente a sua adaptação à água, têm as suas capacidades de linguagem e raciocínio matemático desenvolvidas cerca de seis a 20 meses mais cedo, aquando do momento em que entram na pré-escola.

Tudo isto tem ainda um impacto maior, quando se trata de bebés com perturbações de desenvolvimento. Quanto mais cedo se começar a trabalhar com eles, mais vão poder retirar vantagem do rápido crescimento cerebral que ocorre no primeiro ano de vida e onde a plasticidade cerebral é ainda muito intensa. É por isso mesmo que neste momento estamos a avançar para protocolos clínicos ainda mais específicos, para determinadas condições que estes bebés apresentem.

O Spa For Babies pretende ser um local com benefícios para a saúde física e mental dos bebés. Ao proporcionar uma experiência sensorial estruturada e adaptada às necessidades concretas daquele bebé, naquela fase específica do seu desenvolvimento, estamos a permitir que ele se torne a melhor versão possível de si próprio. Tudo isto de uma forma natural, que suporta desenvolvimento físico e cerebral e ajuda a fortalecer os vínculos afectivos que o seu bebé tem consigo.

Artigo publicado na revista Kids Marketeer nº3 de Março de 2018.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estes cinco projectos são os mais inovadores em Gestão de Pessoas
Automonitor
Já pode encomendar o novo Opel Grandland X Hybrid4