A festa da cultura pop

Depois de quatro edições realizadas a Norte, a Comic Con Portugal ruma este ano ao Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras, entre 6 e 9 de Setembro. O novo espaço tem uma área total de cerca de 100 mil metros quadrados e permitirá criar 10 áreas distintas.

Texto de Daniel Almeida

Algumas perguntas a… Paulo Rocha Cardoso, director-geral da Comic Con Portugal:

O que motivou e qual a importância desta mudança do evento para Oeiras?

Actualmente, a Comic Con Portugal é o maior festival de cultura pop do País. Mas queremos continuar a crescer e acreditamos que a mudança para Oeiras contribui para isso. Estamos confiantes de que nos vai permitir chegar a novos entusiastas da cultura pop, nacionais e internacionais.

Quais as principais novidades deste ano em termos de espaço e line-up?

Nesta 5.ª edição, a Comic Con Portugal irá apresentar um espaço inovador, que alternará entre áreas interiores e exteriores. O recinto será composto por 10 áreas temáticas: Cinema & TV, Banda Desenhada & Literatura, Gaming, Pop Asia & Área Comercial, Mundo do Cosplay, New Media, Música, CCPT Experience e Comic-Con Kids. Cada uma destas áreas contará com vários painéis preenchidos por convidados nacionais e internacionais, ao longo dos quatro dias do evento.

Uma das zonas mais procuradas é, sem dúvida, a área de Cinema & TV. Mas a paragem obrigatória deverá ser a CCPT Experience, onde serão realizadas as maiores activações da indústria.

Com o aumento do espaço também esperam um aumento dos visitantes?

Na última edição, a Comic Con Portugal contou com mais de 100 mil participantes e nesta edição queremos superar esse número porque acreditamos que temos todas as condições para o fazer. Não só o espaço é bastante superior ao das edições anteriores, como também existem novas áreas destinadas a atrair fãs de outros segmentos.

Estamos a trabalhar em parcerias, como a CP e MB Way, para facilitar tanto o acesso, como os pagamentos dentro e fora do recinto. Este último será uma grande vantagem, pois tornará a Comic Con Portugal num evento cashless.

A Nos será, pela primeira vez, patrocinadora principal da Comic Con. Este é um sinal de que as marcas estão mais despertas para o festival?

Em todas as edições contamos com várias marcas que nos apoiam e patrocinam algumas das nossas áreas. Este ano não é excepção e vamos ter várias marcas presentes, como a editora Kingpin Books, que irá trazer convidados especiais aos painéis de banda desenhada e literatura, ou a marca alemã de material de desenho e escritório Faber-Castell que será a patrocinadora do espaço Artists’ Alley.

Vamos ter ainda a presença de grandes marcas como a Playstation, que irá celebrar com os fãs o lançamento do novo jogo “Marvel’s Spider-Man”, ou a LEG, que vai trazer consigo convidados da equipa internacional, como o lead designer da gama BrickHeadz, Marcos Bessa, que irá marcar presença no painel intitulado “Dreams Made of Bricks”.

A adesão das marcas tem sido muito grande e cada vez mais criativa. Na área CCPT Experience as marcas mais relevantes da indústria vão criar activações que vão surpreender todos os visitantes. É uma área de paragem obrigatória para todos.

Depois do Norte (Matosinhos) e Grande Lisboa (Oeiras), podemos esperar uma edição da Comic Con Portugal no Sul do País?

Um dos objectivos da Comic Con Portugal é promover a indústria da cultura pop no nosso País. Assim sendo, o evento podia estar hoje em Matosinhos, mas amanhã estar em Santa Maria da Feira, ou até no noutro ponto do País. As hipóteses estão sempre em aberto. Mas, pelo menos até 2020, vamos manter-nos no Passeio Marítimo de Algés. Acreditamos que esta localização privilegiada do evento nos permitirá crescer enquanto marca.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Agosto de 2018 da revista Marketeer.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Automonitor
Está grávida? Veja o que deve (e não deve) fazer se for conduzir