7 em cada 10 crianças não come a fruta que devia

Em Portugal, 74,9% das crianças entre os dois e os 10 anos não consome as quantidades diárias recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) no que diz respeito a fruta e legumes. O ideal seria que cada criança ingerisse, no mínimo, cinco porções destes alimentos todos os dias.

Os dados são divulgados no primeiro estudo realizado em parceria pela Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (APCOI) e o Instituto de Saúde Ambiental (ISAMB) da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL). De acordo com a mesma análise, Bragança é o distrito em que menos crianças cumprem o consumo recomendado, logo seguido pela Guarda, regiões autónomas dos Açores e Madeira.

O estudo incidiu ainda sobre as consequências da implementação do projecto “Heróis da Fruta” nos vários pontos de Portugal: no geral, 41,9% das crianças aumentou o número de peças de fruta ingeridas, após 12 semanas de participação na iniciativa. Por distritos, Portalegre é aquele em que se verifica o maior crescimento.

«Estes números vêm comprovar a importância do projecto ‘Heróis da Fruta’ enquanto ferramenta de educação para a saúde. O sucesso desta fórmula vencedora é o seguinte: utiliza personagens com que as crianças se identificam combinados com desafios diários que nos ajudam a transmitir as mensagens e os comportamentos-modelo, e claro, recompensas capazes de manter os alunos e os professores motivados!», explica Mário Silva, presidente e fundador da APCOI.

Este ano, haverá também prémios de participação para todas as crianças e mais eventos com a presença das mascotes. As inscrições para 2018/2019 estão abertas até 12 de Outubro.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O fascínio por impossíveis
Automonitor
Via Verde Estacionar chega à Maia