6 razões para apostar em conteúdos efémeros

Kay Hsu, global Instagram lead, acredita que as marcas têm muito a ganhar com a partilha de conteúdos que acabarão por desaparecer. A responsável afirma que as marcas e anunciantes têm de aprender a lidar com os novos formatos digitais, não se deixando levar pelo que parece confortável.

Um destes formatos existe sob a forma de Instagram Stories. Num artigo para a Adweek, Kay Hsu aponta seis razões pelas quais os profissionais do Marketing devem abraçar os conteúdos com prazos de validade:

1 – Abordagem diferente ao storytelling. De acordo com a responsável, conteúdos como as stories do Instagram mudam a forma como os criativos desenvolvem narrativas, dando-lhes mais liberdade. Não existem regras ou fórmulas para o sucesso;

2 – É uma experiência. As stories permitem às marcas criar experiências imersivas para os utilizadores, onde a interactividade pode ser rainha. É esta possibilidade de interagir com a marca que ajuda a prender a atenção do público;

3 – Flexibilidade e foco em simultâneo. Este formato do Instagram pode ser utilizado da forma que as insígnias entenderem, com dimensões maiores ou mais reduzidas, como complemento ou campanha por si só. Mesmo que sejam partilhadas várias mensagens na mesma story, a probabilidade de captar a atenção do utilizador é maior do que noutros formatos;

4 – É onde as pessoas estão. As Instagram Stories contam com 250 milhões de utilizadores activos diariamente, sendo que as pessoas com menos de 25 anos passam, em média, cerca de 32 minutos nesta rede social, todos os dias;

5 – É uma caixa de ferramentas para a criatividade. Desde que foi apresentada ao público, a secção Stories do Instagram já lançou mais de 20 novas funcionalidades, entre stickers, directos e filtros, entre outros. Os materiais para construir uma campanha ou conteúdo continuam a aumentar;

6 – É duradouro. Apesar de ter por base vídeos e fotografias que apenas estarão disponíveis durante 24 horas, as Instagram Stories podem deixar marcas duradouras. Por terem um carácter exclusivo, fazem com que os utilizadores voltem à página da marca para continuar a acompanhar as suas aventuras.

 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Patrões portugueses são os menos instruídos da Europa
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo