50% da TV será consumida em dispositivos móveis

Em 2020, precisamente metade do consumo de televisão será feito através de dispositivos móveis – um aumento de 85% desde 2010. A conclusão é do estudo “ConsumerLab” da Ericsson, segundo o qual o smartphone será responsável por perto de um quarto do consumo total.

Além disso, também as opções on-demand irão crescer, tornando-se quase metade do consumo total de televisão, no prazo de três anos. Caso a previsão se cumpra, a TV on-demand e a linear terão o mesmo peso junto dos espectadores.

O mesmo estudo indica, ainda, que a realidade virtual está no caminho certo para se tornar mainstream. Até 2020, um em cada três utilizadores será consumidor desta tecnologia.

«Verificamos que os consumidores não estão apenas a ver mais vídeo, mas também a mudar a forma como o fazem», sublinha Anders Erlandsson, advisor do Ericsson ConsumerLab. «Numa altura em que as expectativas de consumo de conteúdo on-demand, mobile e envolvente continuam a aumentar, a indústria de TV e media deve focar-se na disponibilização de serviços altamente personalizados na melhor qualidade possível», conclui o mesmo responsável.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Regulamento da mobilidade elétrica obriga a celebrar contratos de adesão