5 dicas para estar mais seguro online

Informações financeiras como os dados bancários são as que os portugueses mais querem proteger online (64,03%), seguidas pelas informações pessoais (14,18%), e momentos pessoais, como fotos de família (7,29%). Quanto ao que fazem para assegurar a protecção desses dados, 45,13% dos portugueses utiliza autenticação de dois factores em apenas algumas das suas contas online. Somente 24,89% o faz em todas as contas e 21,9% não recorre a esta solução em nenhuma conta online.

A actualização das password é apenas recorrente (mais do que uma vez por mês) para 9,61% dos portugueses. Há quem o faça uma vez por mês (9,07%), quem o faça a cada dois/três meses (11,1%) e quem nunca o faça (15,44%).

Perante dados como estes, obtidos através de um estudo realizado pela YouGov, a Google sugere cinco dicas para assegurar a segurança online:

1 – Mantenha o software actualizado. Apenas 17% dos portugueses diz actualizar o software mais de uma vez por mês. Uma das dicas de segurança é que os utilizadores se certifiquem sempre de que estão a usar a versão de software mais recente em todos os dispositivos;

2 – Use passwords únicas para cada conta. Outra das conclusões é que os portugueses recorrem, cada vez mais, a diferentes passwords para todos os serviços online, um dos mais recorrentes conselhos de protecção online

3 – Tenha um número ou email para recuperar uma conta. Acrescentar informação para recuperação de conta pode ajudar os utilizadores a recuperarem mais rapidamente a sua conta caso percam o acesso à mesma. Em muitos serviços de internet – incluindo a Conta Google – ter o método de recuperação de conta pode ajudar a alertar um utilizador quando há uma actividade suspeita ou ajudá-lo a bloquear, se necessário, alguém de utilizar a sua conta sem autorização;

4 – Faça o checkup de segurança da Google. Verifica-se que quase 25% dos entrevistados disse recorrer pelo menos uma vez por mês ou mais a ferramentas para rever as definições de segurança online, como por exemplo o checkup de segurança online da Google. Por outro lado, quase 20% dos portugueses actualiza as suas passwords de contas online uma vez por mês ou mais de uma vez por mês;

5 – Adopte a autenticação de dois passos. A autenticação de dois passos reduz significativamente a possibilidade de alguém conseguir ter acesso não autorizado à conta. Este sistema requer um segundo passo para aceder à conta, para além do nome e password. Tanto pode ser um código a receber no telemóvel como um código de seis dígitos gerados por uma app, ou uma chave física de segurança.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Automonitor
Está grávida? Veja o que deve (e não deve) fazer se for conduzir