40 milionários doam fortunas à caridade nos EUA

BUFFETT GIFTApós ter doado vários milhares de milhões de euros, o milionário norte-americano Warren Buffett juntou-se ao fundador da Microsoft, Bill Gates, para encorajar outras famílias abastadas do país a seguir o seu exemplo. A campanha “Giving Pledge” reuniu já 40 milionários que se comprometem a doar metade da sua fortuna à caridade.
Warren Buffett divulgou esta semana a lista de personalidades que se juntaram à causa. O fundador da CNN, Ted Turner, o mayor de Nova Iorque, Michael Bloomberg, e o reconhecido realizador George Lucas são alguns dos nomes que aderiram à iniciativa.
Mas esta campanha irá além-fronteiras: Warren Buffett e Bill Gates – que, recorde-se, dedica agora o seu tempo à fundação que gere juntamente com a sua mulher, Melinda – pretendem viajar até à Índia e à China, dois países cujas economias têm vindo a crescer exponencialmente, nos próximos seis meses, para contactarem com outras personalidades e famílias abastadas e, assim, expandir a abrangência deste movimento solidário.
Mas, para já, a mobilização dos filantropistas norte-americanos é auspiciosa.
Embora não estejam sujeitos a uma obrigação contratual, apenas a um “compromisso moral”, os doadores são livres de escolher a organização ou a área a que querem doar parte da sua fortuna, em vida ou após a morte.
Buffett e Gates estimam gerar um volume de donativos na ordem dos 600 mil milhões de dólares.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
7 formas para se voltar a apaixonar pelo seu trabalho
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo