4 Milhões de pessoas não participaram nas eleições legislativas!

Escrevo este editorial no rescaldo das últimas eleições legislativas.

Em Julho deste ano, escrevi neste mesmo espaço que a nossa Democracia precisa de marketing, e expliquei demoradamente o seu porquê. Cada dia que passa mais reforço a ideia desta necessidade!

Na noite do dia das eleições, quase todos os líderes partidários reclamaram vitória (estes sim, uns verdadeiro marketeers…). Mas de todos apenas um sussurro sobre o dado mais relevante destas eleições: 40% dos portugueses resolveram virar as costas às eleições. 4 em cada 10 portugueses não se interessaram por participar na votação daqueles que irão governar e ter um papel fundamental nas suas vidas. Quase 4 Milhões de pessoas acharam que não valia a pena participarem nas eleições.

E esta dado, face à confusão instalada e às intrigas, foi quase omitido, esquecido.

Como é possível não haver uma voz que de uma vez por todas alerte para esta situação, mas olhando de frente para o problema, em vez de fazer pegas de cernelha?

As tímidas campanhas de sensibilização e apelo ao voto, são insignificantes, e não causam efeito.

Independentemente do que o futuro nos guarde, ficámos a saber que os políticos não se importam que apenas 60% da população vá votar nas eleições legislativas. É pena!

Estes, os políticos, têm de ser os primeiros a incentivarem a participação dos eleitores, a demonstrar a sua insatisfação e preocupação pela baixa participação, pois assim a sua legitimação é posta em causa.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo