3 prioridades para os gestores portugueses

Criatividade, integração de pessoas de culturas diferentes e inovação tecnológica são as prioridades dos gestores portugueses. A conclusão é de um estudo elaborado pela consultora QSP, com base nos testemunhos de 232 executivos de empresas a operar em Portugal.

Segundo o mesmo estudo, “Convergence – The Survey”, a convergência entre criatividade e pragmatismo de gestão é a prioridade mais referida (93%), seguida pela integração de diferentes culturas nas equipas (78%). Contudo, dar seguimento a estas preocupações pode ser mais difícil ou fácil consoante a dimensão das companhias: para 70% das empresas mais pequenas (menos de 49 trabalhadores), é difícil integrar recursos humanos culturalmente muito diferentes; nas empresas grandes, 80% dos inquiridos considera que não existe esta dificuldade.

«Este estudo revela a maturidade da nova geração gestores portugueses. O facto de valorizarem a convergência criatividade-gestão mostra que estão atentos às grandes tendências mundiais», sublinha Rui Ribeiro, CEO da QSP, indicando a transformação digital como motor desta mudança.

A terceira prioridade mais mencionada pelos gestores envolve a intersecção entre marketing e tecnologia (76%), sendo que os inquiridos parecem preocupados com a rapidez com que o mercado evolui: por um lado, a tecnologia é a prioridade mais citada em termos de investimento; por outro, a velocidade da inovação assusta os gestores devido à dificuldade que apresentam em estar a par das novidades.

O estudo da QSP revela ainda que 67% dos gestores considera que as suas organizações estão em condições de competir a nível global e que as suas principais preocupações estão relacionadas com dados – seja a recolha, a análise ou o armazenamento.

«A transformação digital permite extrair informação poderosíssima, sobretudo se soubermos o que fazer com ela e conseguirmos aprender com ela. As empresas já sabem que não é produtivo investir em comunicação externa e tecnologia sem conhecer e sem se adaptarem a quem a vai receber», explica Sandra Marques de Vasconcelos, head of Marketing Research d QSP.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Esta ferramenta promete vir revolucionar a Segurança e Saúde no Trabalho
Automonitor
EMEL deixa mais de 120 pessoas à espera de lugar por causa de artista