250 filmes para assistir em Vila do Conde

A antestreia de “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, marca o arranca do Curtas, o festival que leva até Vila do Conde mais de 250 filmes e cuja 27.ª edição tem início amanhã. Descrito como um western tropical distópico, que já arrecadou um prémio do júri na edição deste ano do festival de Cannes, “Bacurau” conta com as interpretações de Sónia Braga e Barbara Colen.

Da programação destacam-se ainda obras do norte-americano Todd Solondz, do luso-angolano Carlos Conceição, os dois primeiros episódios da “Luz Vermelha”, série da dupla André Santos e Marco Leão, e “Knives and Skin”, de Jennifer Reader. Quem quiser revisitar obras esquecidas, ignoradas ou desvalorizadas também terá oportunidade, nomeadamente trabalhos de José Régio, Sergei Parajanov, António Reis e produções da Disney em Technicolor.

Os fãs de música, por outro lado, poderão conta com o regresso de Thurston Moore (Sonic Youth) a Portugal para musicar ao vivo uma selecção de filmes de Maya Deren. Tiago Cutileiro e Marta Navarro, por seu turno, vão acompanhar com uma partitura original “O Gabinete do Dr. Caligari”. Nota ainda para estreia do documentário “Mutantes S.21 – 25 anos depois” sobre a celebração do aniversário do álbum dos Mão Morta.

A 27.ª edição do Curtas integra também uma competição nacional e internacional com o melhor que tem sido feito durante o último ano no cinema e, ainda, o Curtinhas – pensado para os mais novos. O Curtas acontece entre os dias 6 e 14 de Julho, no Teatro Municipal de Vila do Conde, Auditório Municipal e Solar Galeria.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)